Amor Frustrado!
Nídia Vargas Potsch
 

Sentimento de amor frustrado
Cala fundo como um lamento
É o coração que fica de lado
Sorrisos sem contentamento...

No peito arde louca paixão
Que a saudade lembra esperta
Desdita de amorosa emoção
Quando n'alma a dor aperta...

Ir e vir sem eira nem beira
Machuca de qualquer maneira
E nos castiga de pouquinho.

Se abrirmos o fecho à pulseira
Ficamos livres da cegueira
Com leve e breve adeuzinho.
 

Nídia Vargas Potsch
 
 
VOLTAR