Os Retirantes...
Nídia Vargas Potsch
 
 
Longo é o caminho da resignação
Quando o desespero, fome, sede e
Desesperança batem à porta...
 
A família com uns poucos pertences
Numa velha trouxa de trapos
Segue com destino incerto
À procura de alento, de melhores  
 Dias, talvez, quem sabe?
 
Eis que em parte caminho,
o filho do meio padecendo
dores atrozes, de doença e fome
corroendo-lhe as entranhas
vem a falecer nos braços do pai,
que cabisbaixo se entrega
 dolorosamente à sua dor.
 
A Mãe, pequenina e desanimada
Oferece-o ao Altíssimo, em prece,
 Tantas e quantas vezes foi invocado
A voz rouca, as lágrimas ausentes...
 
 Seus irmãos choram copiosamente...
Triste e dolorosa Sina!
 
Como e quando a salvação chegará?
 
@Mensageir@
Carinhosamente, Nídia.