Baile de Máscaras
Nídia Vargas Potsch
(Indriso)


Trajando bela fantasia de corsário
que teu corpo atlético ressaltava,
entraste no salão, pagaste-me pela mão...


Segui-te confiante, sorri enlevada
querendo decifrar a intrigante máscara
e o olhar que me pedia indagador...


Amor verdadeiro entranha n'alma.

Pós Carnaval a máscara sempre cai...




@Mensageir@
 
 
 
Arte e Formatação: Tereza da Praia