"Onde quer que vás, leva o teu coração! "
                             Confúcio




O Balé dos Vaga-lumes
Nídia Vargas Potsch
(Indriso)



Noite amena, pensamentos soltos, sorriso iluminado
olhar vagando pelo horizonte, feliz e apaixonado
observando ondas irrompem, finalmente, no quebra mar.


Pequenas luzes volteiam através do espaço
piscam de tempos em tempos, sincronizadas.
Pirilampos também sabem, com certeza, poetar.


A Natureza nos aponta o inusitado de todos os dias.

Nuvens insólitas, tal qual estrelas cintilantes, bailam no ar...





@Mensageir@
Rio, 29/07/2009

 

 

 

Voltar