Solidão!
Nídia Vargas Potsch
(Indriso)



Assento vazio de você, vazio de tudo.
Emoções espremidas, guardadas no coração
Olhar entristecido, esperando o amanhecer...


Caminhos que ninguém quer suportar
Lembranças que não se deseja reviver
Saudade que insiste e dói pra valer...


Alma de través sob múltiplos impactos.

Sentimentos carpidos no âmago do ser...





@Mensageir@
Rio, 29/06/2009




:: Papéis de Carta Grupo Alfazema ::
http://br.groups.yahoo.com/group/alfazema/