O sonho é o inconsciente
a brincar às escondidas conosco;
ora revela, ora oculta quem realmente somos.
Eugénio de Sá
 
 
 
Sonhos em azul
Nídia Vargas Potsch
(indriso)
 
 
 
Num abraço de transcendental carinho
Escorreguei em teu aconchegante colo
 Embalda na emoção primeira, alerta fiquei.
 
Seus doces lábios pousaram nos meus
Arrebatador beijo acendeu lume de paixão
Nos entregamos no delírio de ardente sonho azul...
 
Jogos de esconde-esconde, verdades vem à tona...
 Sonhar, emoções flutuantes perdidas no inconsciente!
 
 
 
@Mensageir@
Rio, 31/01/2012
 
Grata Suely pelo carinhoso envio, NVP.

***

 
ARTE E FORMATAÇÃO SUELYDAM
 
 
 
 
 
VOLTAR