Baila comigo

Eugénio de Sá

Com a sensualidade que há num tango

Ou com a delicadeza de uma linda valsa

Tomar-te nos meus braços e dançar contigo

Que importa seja ao ritmo louco de uma salsa

Desde que este meu corpo ao teu esteja cingido

 

 

Dance comigo, vem!

Nídia Vargas Potsch

Harpas, bandolins, violinos
todos podem nos sensibilizar
mas quando ouvimos melodia
plangente, essa sim, mexe com a gente,
tem seu lugar... Ah, Tango!
Música é sensual, um apelo
emocional onde unir corpos e mentes

deixar-se envolver pela melodia
flutuar, rodopiar, viajar no sonho
na satisfação plena do memento, é
fundamental.
Abraça-me forte, vem comigo!

Envolva-me em seus braços
Faça-me vibrar no seu diapasão.
Afinal, temos um encaixe perfeito
com molho, mel, tesão, paixão
e toda a sensualidade de um belo par.

Dance comigo, vem! Vem dançar!
Esta cadência está a nos chamar
para essa dança sagrada e milenar,
repleta de emoção, que se chama: Vida!

@Mensageir@
Rio de Janeiro.

 

 

 

 

 

Voltar