Jardim Exuberante... Esquecido!
Nídia Vargas Potsch

Florido, no auge de sua beleza, projetado
Com o perfume de cada pétala exalando
deliciosos odores para agradar aos sentidos

Acolhe seu banquinho cercado de muitas cores
Como se lágrimas fossem derramadas ao seu redor
Transformadas em adornos perfumados... Pelo velho jardineiro!

Caminho colorido de saudade e amores que se foram...
Preparado com esmero para encontros românticos
Passeios de idosos, de crianças curiosas, de famílias...

À espera... Daqueles que precisam descansar e espairecer
Espera cumprindo seu papel de alegrar Vidas
No aguardo de criaturas para usufruir desse paraíso...

Rio, 2016
@Mensageir@

 

 

JARDIM DE VERSOS

Odir Milanez

Cuida de teu jardim! Vê que bonito!
Não há erva daninha nem espinho.
Há versos róseos, louros, cor de vinho,
nas colores mais lindas do infinito!

Alimenta tua paz. Deixa o conflito
àquele que na vida está sozinho.
O amor está contigo, em teu caminho,
caminho que ao amor fazes restrito.

Cuida de teu jardim, que ele floresça
cada verso em botão, que se pareça
do Éden dos jardins o mais perfeito.

Enquanto deles cuidas, ao teu lado
há uma sombra de mim que, com cuidado,
versa versos floridos no meu peito.

JPessoa/PB
15.12.2016
oklima

 

 

Soneto do Jardim
Tarcísio R. Costa

É um local onde rescende o perfume
Que ao meu e ao seu coração inebria,
Traz-nos um ambiente de alegria,
Iluminado com o amor ao lume!

A rosa com o encanto da sua cor,
Traz suavidade e beleza ao jardim,
Por isso que o jardim é para mim,
O local mais favorável ao amor...

Assim, fico horas e horas a pensar,
Que um jardim não deveria fenecer
E ninguém deveria deixar de amar.

Uma coisa jamais hei de esquecer,
Eu não pretendo jamais te deixar
Quero por toda minha vida te ter

Brasília, 16.12.2016

 

 

 

 

 

Voltar