Liberdade

Nídia Vargas Potsch

( indriso )

 

 

Na calada da noite, laços rompidos.

Como a Vida não é mercadoria à toa,

Não quis terminar como folhas ao vento...

 

 

Não volto mais! Aqui vou eu!

Desfrutando total liberdade

Alcançada com esforço supremo...

 

 

O impossível habita o coração conformado.

 

Sonhos e realidade são eternos desafios!

 

&

 

Liberdade

Tarcísio Ribeiro Costa

( indriso )

 

Sentia-me, na noite, perdido,

Sem sentido, a minha vida,

Que se rompa a cortina da noite...

.

O vento a soprar a minha face,

O vermelho da aurora boreal

Fez-me despertar do pesadelo.

.

Finalmente, vejo teto da felicidade,

.

Agora são sonhos, estou a sonhar com você...

 

 

 

 

Rio, 2009

 

 

 

Carinhosamente, Nídia.

Feliz e Alegre Feriado

Com Muito Amor no Coração !!!

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Créditos:
Tube: Mou_wallpaper lover
Arte Final Sueli
Tuto Zilnê Godoy