Mágoas e Nós...
Nídia Vargas Potsch
 
 
Um olhar sensível
não é para qualquer um, não.
Não é para quem queira
ou ache que possa ter...
É uma questão de foro íntimo
de delicadeza, de sensibilidade.
 
Talvez, quem sabe,
para aqueles que conseguem
enxergar nas entrelinhas d'alma,
 com o coração...
 
Quem foi que disse
ser fácil lidar com o outro?
Relacionar-se requer partilha
cumplicidade, compreensão.
Doar-se para poder receber...
 
O Ser sensível que em nós habita
também chora, ri, é carente de dengo
anda à procura de aconchego
quer amar e ser amado
como qualquer mortal e
pede colo, ao se magoar com facilidade
e, pior, podemos nem perceber...
 
Um suspiro, muitas vezes,
 pode ser o sinal aparente desta mágoa
um sorriso enviesado, o olhar desatento
 gestos exagerados ou uma estranha apatia
que não é habitual...
 
Sensação quando a dor é muito funda
 aparece e se instala... à revelia!
Penetra no âmago e custa a ir embora...
 
E muitas vezes passamos ao largo
sem notar a mínima diferença
no rosto de quem amamos...
 
O que é uma lástima!
 
 
e
 

- A verdade –

Tarcísio Ribeiro Costa


Mágoas, existem, nos fazem sofrer,
É difícil o confiável amigo,
Fujamos para o perigo evitar
E assim, salvaguardar nosso viver...

Conhecemos o tal amigo é falso
Pelo jeito de sorrir amarelo,
Pela sua ansiedade, pelo seu anelo
E prazer de nos ver no cadafalso.

Mas, carecemos destacar o amigo,
Por que ele sempre traz felicidade,
E traz ao nosso coração alegria...

Reconheçamos essa realidade,
Evitemos, assim a nostalgia,
Preservemos com enlevo a verdade!

Tarcísio Ribeiro Costo
Feito em, 19.12.16

 
 
 
@Mensageir@
Carinhosamente, Nídia  & Tarcísio.
 
 
 
 
 

Art/Formatação: Dama Misteriosa

Mask Helena.

Créditos Ana Ritzi.

A Quem Agradeço.

 

Voltarr