Amarras...
Nídia Vargas Potsch



O explodir dos inúmeros dilemas
e segredos enleados entre si,
camuflados num bouquet
cujo perfume instiga
o desejo de mudanças...

Exigem transformações necessárias
pra romper os ditames das regras
cuja canção vai além
dos laços presentes
no eterno calabouço do viver...

Afogueados ficam
os amores fronteiriços.
Amarfanhados nós afligem
a magnitude da paixão unilateral...



@Mensageir@
Rio, 15/06/2011






Desamarras
Suely Damasceno



Os nós que te prendem ao chão
voam nas asas da imaginação
deixe fluir o travesso coração
e que nada nos caia da mão.


Os laços invisíveis de solidão
que seja livre nossa ilusão
que jamais sejamos para nós, um não
pois nascemos para ser emoção!



 


Arte e Formatação: SuelyDam
Tube: LuzCris

 

 

 

Voltar