Vivenciando Certos Porquês...
Nídia Vargas Potsch
( indriso )
 
 
 
No entardecer desta longa caminhada
Encontro-me numa encruzulhada sem fim...
Cansada, desejo me redimir - Mea Culpa!
 
 
Fazer o quê se parceiro não quer mais dividir?
Porque não sabe, nunca soube, não quer mais...
 Julgamentos superfluos apagariam erros havidos?
 
 
Cumplicidade,  partilhar alegrias de mãos dadas.
Terminada a parceria não há Amor que resista!
 
 
@Mensageir@
Rio, Jul/2015
 
Carinhosamente, Nídia.
 
 
 
 
 
 
 
 Ao tentar superar os porquês...
(Indriso)
 
Se for minha a culpa do teu triste lamento,
Genuflexo, peço-te, humildemente, perdão,
Quero que se apiede deste meu sentimento.
.
Vivo momento de saudade, assim, de muita dor,
Confesso-te que é impossível esse meu viver
Sem a certeza de que ainda tenho o teu amor.
.
 
Vamos tentar impor cumplicidade ao nosso viver
.
E reconstruirmos a nossa combalida felicidade.
 
tarcisio.poeta
 
 
 
 
 
 

 
  

 
Tag Gothc Girl
Tutorial by Thê Procópio
Tube ©Mara Pontes
Música Omar Akram - Take my hand
Arte e Formatação HildaRosa