"Por onde quer que vás, leva teu coração!"
                                   Confúcio
 
 
 

O Alentador Sortilégio de Amar!

Nídia Vargas Potsch

 
 
 
É todavia de quem se doa, de quem ama,
e independe do fato de ser amado.
Melhor ainda, se quem ama
 é correspondido
em igual e real proporção...
 
Amar nos faz luminosos,
com o coração em festa pelo inesperado,
com a aura colorida pelo sonho
de ser e compartilhar a felicidade do outro...
 
Amar nos remete ao âmago dos pensamentos,
ao recolhimento sutil do eu
que poucos entendem...
 
Fica-se refém de outra alma
com a qual se deseja repartir emoções 
peculiares aos namorados,
à paixão que há em cada coração...
 
O Universo fica pequenino diante de tanto amor!
Os delírios por mais insensatos que sejam
são capazes de nos levar ao paraíso...
 
Sensação abrasante de encantamento e entrega!
Amar é tudo de bom!

 

@Mensageir@

Rio, 15/01/2013

Carinhosamente, Nidia.