Outono em Chamas
Nídia Vargas Potsch
(Indriso)


Folhas douradas despencadas, caídas,
Terra se preparando para renovação...
Emoções derramadas, poesia inacabada

Que na lembrança ousou permanecer.
Chamas de um amor embriagador
Que volta e meia teima em ressurgir do nada.

Falso brilho ilusório, assombra o querer.
Outono, revive nostalgia de sonhos abissais...




@Mensageir@
Rio, 12/03/2011

 

 

 

Voltar