Unidos por aliança imortal
em façanhas ardentes,
suspiros e ais paradisíacos,
no esboço de alentadores versos de amor
 salpicados ao léu,
onde lamentos indesejados não tem vez,
esfumaçados são,
 por nevoeiro denso, enquanto,
 os embalados por sensual paixão,
 volitam seus desejos nos ares,
simplesmente, nús...
 
São partes de emoções sem limites
sentimentos que irrompem dançarinos 
 ao sol da primavera perfumada
em densidade perfeita,
 movimentados por arco-íris
de cores brilhantes jamais imaginados.
Acordes estes, que inebriantes da paixão descrita,
 criam asas em sinfonia ousada demais,
atravessam mares e oceanos
de prazeres inenarráveis...
 
 
@Mensageir@
Carinhosamente, Nídia.
 
 
Arte e Formatação:
AugustaBS
 
 
 
VOLTAR