Um Amor como esse...
Nídia Vargas Potsch
 
 
Brotou da calmaria dos ventos
Carregou longe a boa semente
Atravessou mares, os elementos,
Perscrutou sentimentos dormentes...
 
A imaginação correu solta
em sonhos alados, sensuais, tão doces
e ternos que arrepiaram a alma...
 
Fazendo-me lembrar
dos instantes verdadeiramente mágicos
em que teus lábios tocariam os meus.
 
Das carícias envolventes
que me arrastam em tua direção
sempre que nos aproximamos,
seja de que maneira for...
 
Da eletricidade que corre
pelo meu corpos ante nossos
olhares de desejos incontidos...
 
De todas as vezes em que nos falamos,
e ouço embevecida tua voz,
a me acarinhar com volúpia e arrebatamento.
 
Dos teus abraços cálidos e exigentes,
onde desejo me refugiar e me entregar
com prazer e deleite... a essa paixão...  
 
Um amor como esse
que revela totalmente esta grande emoção,
deveria ser preservado "ad eternum..."
 
 
 
@Mensageir@
Carinhosamente, Nídia.

***

 
TUBE PASCAL
ARTE E FORMATAÇÃO SUELYDAM
 
 
 
 
 
 
Voltar