"A experiencia mostra que amar não é
olhar um para o outro,
 mas olhar juntos na mesma direção! "
                                 Saint-Exupéry, A.
 


 
 
AMOR VISCERAL
Nídia Vargas Potsch
 
        
      Vou arrancá-lo desta inércia!
       Tirar-lhe desta solidão,
 no fundo indesejada.
   Vou lhe buscar e
    amá-lo por inteiro,
    devagarinho,
    de mansinho
     aos pouquinhos...
 
 
 
 A princípio, na tentativa
de apaziguar a saudade
  que fez morada no meu coração.
Depois, não seguro mais...
  Com a chegada do furacão
 chamado tesão
        guardado dentro do meu peito,
       que a qualquer hora pode
queimar feito bucha de balão e...
 Não posso, não devo, nem quero evitar!
Quer melhor pretexto?
 
 
 
       Quero amá-lo intensamente
e ser amada na mesma medida,
  com direito a pedir bis.
       Desvairadamente, loucamente,
    até perder-nos no calor
 dos nossos beijos, no aconchego
dos nossos braços e abraços,
na ternura de tantos afagos e carinhos
numa troca prazerosa,
 cúmplice e partilhada... 
 E, no orgasmo que explodirá, avassalador,
   com certeza iremos,
       literalmente, "morrer de amor" !
 
 
 
   Nídia Vargas Potsch
  Rio, 21/01/10
 
                                             
 
 
 
* * *
 
 

Tudo Que Se Quer

(com Verônica Sabino)

Emílio Santiago

 

Emilio:
Olha nos meus olhos
Esquece o que passou
Aqui neste momento
Silêncio e sentimento
Sou o teu poeta
Eu sou o teu cantor
Teu rei e teu escravo
Teu rio e tua estrada

Verônica:
Vem comigo meu amado amigo
Nessa noite clara de verão
Seja sempre o meu melhor presente
Seja tudo sempre como é
É tudo que se quer

Emilio:
Leve como o vento
Quente como o sol

Em paz na claridade
Sem medo e sem saudade

Verônica:
Livre como o sonho
Alegre como a luz
Desejo e fantasia
Em plena harmônia

Emilio:
Eu sou teu homem, sou teu pai, teu filho
Sou aquele que te tem amor
Sou teu par, o teu melhor amigo
Vou contigo seja aonde for
E onde estiver estou

(Ambos):
Vem comigo meu amado amigo
Sou teu barco neste mar de amor
Sou a vela que te leva longe
Da tristeza, eu sei, eu vou
Onde estiver estou
E onde estiver estou

* * *

 

 

 

 

VOLTAR