MÃE OXUM, DEUSA DO AMOR!
Nídia Vargas Potsch


Mãe que purifica, irmã que acolhe,
amiga que ajuda, mulher que perdoa,
atende, por favor, minha prece.
Com o meu coração compungido, lhe imploro:
olhe por ele e pelo amor que há nele.
Posso imaginá-la a mais bela das flores,
pois, dos amores, és o AMOR!
Suas doces águas cristalinas,
correndo os campos alegremente,
num sussurrar constante, envolvente,
nutre a Terra que te acolhe, numa simbiose
incessante de doar-se mutuamente.
As vezes, furiosa e resplandecente,
cai em cascata de branca espuma,
formando o véu da noiva nascente.
Ondula nas pedras pontiagudas dos rios,
tornando-as em seixos de emoções...
Querida e companheira fiel de nossas vidas.
Cumpra-se em mim, tua vontade imperiosa
de sobressair o amor puro e verdadeiro.
Nos intrincados e complexos caminhos
trilhados pelos homens, cumpra-se seu maravilhoso
destino de AMAR !!!

Guarda-me sempre junto a ti Ó Mãe Querida!
Com alegria e jubilo no coração, agradeço e espero.
OXALÁ nos ajude!!!



OXUM é a Deusa, no Candomblé, do AMOR.
Deusa das águas doces: rios, lagos, lagoas, cascatas, etc.
Protege os enamorados.

 

 

Imagem jpg
Wav: Maria Bethânia - Canto de Oxum
Arte e Formatação: JoiceGuimarães

 

 

 

Voltar