Quando o desespero bate a nossa porta, achamos que nossas necessidades são essenciais, absolutamente justas. Nos voltamos para o Infinito, para a Luz, para Deus, para qualquer que seja seu Nome...
Pedimos atabalhoadamente, sem nunhum pingo de fé, querendo alcançar logo a graça desejada.
Será que algum dia nos lembraremos de agradecer? Ou só quando as lágrimas arderem em nossos olhos é que procuraremos a ajuda dos Céus? D'us não nos abandona, nunca! Ele está presente em nossas vidas, desde as coisas mais simples, nos pequenos gestos até os mínimos atos do nosso cotidiano... É o bastante, compreender isso e saber olhar a nossa volta com sentimento de ternura e amor no coração para que possamos perceber que nossa Vida é uma Dádiva. Um belo Milagre de Amor!
 
 
@Mensageir@
Carinhosamente, Nídia
 
 
 
Arte e Formatação:
 AugustaBS
 
 
VOLTAR