Melodias

Nídia Vargas Potsch


Certa melodia, ao entardecer, embalou meus sonhos... Certas melodias nos fazem refletir e querer ultrapassar obstáculos, como as ondas sonoras que vão e vem acariciando nossos ouvidos com sons ora estridentes, ora melodiosos, trazendo-nos lembranças, recordações vividas, desejos por viver. E neste doce embalo, a alma leve, acompanha os acordes, flutua, voa tranquila, suavemente...

O pensamento a acompanha pelas paragens mais estranhas, pelos caminhos mais escondidos que não nos é dado perceber se não conseguimos, de todo, observar nosso íntimo. Pelos recônditos de becos escuros e sombrios, sem nos pedir licença, a alma nos faz passar, andar e ver toda trama urdida onde mora o perigo... os desvios...

Mas, o Pensamento, reage, desvia, dá meia-volta, registra as sombras e vai ao encontro da libertação, percebendo as comparações vivenciadas e o quanto ainda resta compreender... Torna a ver a luz no final do túnel aos acordes finais da música. E um silencio sepulcral se faz presente. É neste ínfimo instante, que se tem a certeza de que tudo, na vida, tem seu final. Feliz ou não, vai depender, muitas vezes, só de nós mesmos e de como encaramos, realmente, o processo derradeiro e crucial... Desapegar, é possível!


@Mensageir@
Rio, 2013

Carinhosamente, Nídia.

 

 

 

Tubes Created
by
Guismo

 

 

VOLTAR