Para se ter sucesso em tudo que desejamos  é essencial um bom equilíbrio emocional que só será conseguido se alcançarmos maturidade suficiente em nossas escolhas.
 
Não devemos confundir o real com o ideal e o idealizado.  Cada uma destas etapas requer um tipo de ação diferente.
 
O fictício; isto é, aquilo que idealizamos, é o que  queremos realizar, pertence à etapa do planejamento e da organização.
O ideal, é o espelho que usamos para conseguir fazer o que desejamos, o exemplo a ser seguido.
O real, é o que podemos realizar com os recursos que dispomos no momento para fazê-lo.
 
Para tanto, o equilíbrio é necessário, para não deixarmos o caos se instalar e confundirmos o real com o idealizado.
Já que o ideal que queremos, algum dia poderemos vir a ter se conseguirmos agir com bom senso, trabalhando muito para isso.
 
Muitas vezes, precisamos deixar a razão de lado e seguir o coração e colocar a intuição para funcionar. Desapegar é importante, mas agir com a razão combinada com o coração nos levará muito mais longe do que pensamos.
 
Por mais insignificante que nos pareça, uma pequena tomada de decisão poderá nos trazer aborrecimentos, como a dificuldade de ter que escolher entre diversas opções e não se decidir o que se quer. Ó dúvida cruel!
 
O que é melhor para o cada caso que estamos enfrentando no momento será portanto, cabeça no lugar, refletir primeiro para perceber o que é importante e depois agir! Tenha Muito Sucesso!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Voltar