A TROCA DE "FIGURINHAS"

Nídia Vargas Potsch
 

A Vida é uma eterna e contínua "Troca de Figurinhas". Cada um dá o que deseja e recebe o que lhe querem dar... No Álbum da Vida, há figurinhas comuns a todos, as mais difíceis de colecionar e os verdadeiros "coringas" que uns poucos privilegiados conseguem alcançar. Troca-se interesses diversos de todo tipo: de amizade pura e simples, monetários, religiosos, sexuais, éticos, políticos, amorosos, educacionais, culturais, de conhecimentos, lazer, enfim, sobre vários assuntos. Reter as figurinhas por muito tempo sem as trocar, causa apatia, indiferença ou até ansiedade porque as mesmas vão se tornando obsoletas, por serem comuns a todos... Trocá-las todas de uma vez com sofreguidão ou muita pressa, além do medo de não alcançar a meta prevista, a ansiedade e a angústia, podem aparecer como conseqüência da troca fútil e inútil feita sem pensar. Trocar figurinhas é um aprendizado para toda uma vida! Exemplificando: Um encontro de qualquer natureza é uma feliz oportunidade para as boas trocas de figurinhas. De onde menos se espera podem surgir excelentes oportunidades... O importante é a troca em si. E não o dar ou receber, o reter... Importante é a cumplicidade da troca! Quando bem sucedida ambos os lados saem lucrando, completando um espaço que faltava num toma lá dá cá... que chamamos de relacionamentos. Na Idada Madura, muitos estão com seus álbuns quase prontos, mas alguns não chegaram nem na metade dele. É preciso perseverança, solidariedade, amizade, companheirismo, fraternidade e muito amor no coração para que cada troca valha realmente a pena por ter sido feita. E por fazermos parte integrante deste universo de emoções e sentimentos, necessário será que completemos o álbum com muita garra e fé. Com esperança nas prováveis mudanças que com certeza ocorrerão, para nos tornarmos melhores como seres humanos, unos, cúmplices, completos, diferentes, mas da mesma família humana, compartilhando, dividindo quando for o caso, integrados à Natureza da qual fazemos parte, antes da chegada ao final do caminho a ser percorrido. O que damos, recebemos em troca! Vale refletir a respeito e procurar, nas trocas, fazer o melhor possível!

 

 

 
 
 
 

@Mensageir@
Rio, 2005 / 2013
 

 
 

 
                                                                                        
 
 
                                                                                                                   
 
 
 
 
 
 
 
Wav: Trijntje Osterhuis - What The World Needs Now
Arte e Criação: IáraPacini
Porto Alegre
RGS
28/03/2012
 
 
 
VOLTAR