Contando um conto:

A Nova Biblioteca
Nidia Vargas Potsch




Foi uma linda festa a nova Biblioteca da cidade. Todos queriam ir e ver as novidades. As preteleiras estavam abarrotadas de belos livros coloridos para todas as idades.
A sala infantil, então, era bem iluminada, alegre e possuía mesas e cadeirinhas especiais para a criançada. Nas prateleiras em frente e nas laterais haviam grande quantidade de livros e a cada dia chegavam mais de muitas doações. Na terceira prateleira em frente as mesinhas, havia um grande livro, um tomo grosso, porém não muito novo, aliás, já usado e com páginas coladas com fita crepe de tão velhinho que era.
Novos livros iam chegando e todos eram colocados uns ao lado dos outros nas prateleiras. Eis que chega um bonito livro de histórias de capa dura, que logo diz: - Sou muito importante para ficar aqui ao lado deste livro roto e velho. Sou um livro de histórias de autores famosos e consagrados. Sou lindo, limpo e minha beleza brilha.
-Não se iluda, diz o livro velho, não adianta ser só bonito por fora e novo, é preciso ter conteúdo e ser simpático e útil aos leitores, como eu...
- Ha, Ha, Ha! Você é velho feio e não sabe de nada. Eu sou da nova geração sou mais esperto.
- Ao contrário do que você pensa, seu arrogante, sou velho mas bastante procurado... Vamos ver se acontece o mesmo com você, deixa o tempo passar...
Vai passando o tempo, afinal, e o livro novo é manuseado e deixado de lado...
Cada grupinho de crianças que chegava, procurava logo pelo grande livro velho e a bibliotecária recomendava:
- Muito cuidado, Usem com cuidado!
E assim os dias foram passando e o livro novo semre deixado de lado após ser folheado. Ao passo que o livro velho era sempre o mais consultado.
O livro novo não entendia esta preferência e ficava lá na prateleira abandonado, morrendo de inveja, com raiva por não ser o escolhido.
Até que o livro velho, com pena por vê-lo tão triste, falou:
- Escuta, garôto, seja simpático com as pessoas, mostre suas letras com alegria já que você tem pouquíssimas ilustrações e perceba que todos ficarão contentes de o ler. E como as crianças, principalmente, vão perceber que seu conteúdo é ótimo e que você tem ótimas histórias. Deixe que elas o manuseiem bastante e pára de resmungar por qualquer coisa. As crianças precisam sentir que o seu tamanho não as assusta.
O livro novo ficou parado, pensando em tudo o que ouviu. No mesmo dia um garotinho pediu:
_ Pega aquele ali , moça, que eu quero ver.
A bibliotecária pegou o livro e o garôto sentou-se à mesa e abriu o volume no meio da sala bem numa linda ilustração deuma das lindas histórias. Chegaram várias crianças ao mesmo tempo e o rodearam para olhar e ouvir o que a bibliotecária contava. Se interessaram e queriam ouvir mais histórias e ler também.
E o novo livro, hein, ficou muito feliz!
- Eu não disse que era fácil agradar?
- Obrigado, nunca mais vou duvidar da experiência dos mais velhos. Você sabe das coisas!
E desde aquele dia a biblioteca nova foi o maior sucesso entre a garotada, principalmente o livro novo., que agora desejava ser tão lido quanto o livro velho, mesmo que ficasse um tanto sujo ou com páginas remendadas.

Moral da História:


Nunca despreze os conselhos dos mais velhos! Eles tem mais vivência e sabem das coisas.
Agora lembrem-se uma capa ou um envólocro bonito, não diz tudo do livro, do embrulho, ou mesmo de uma pessoa. O importante é o que vai por dentro. É aquilo que podemos mostrar, a respeito de quem somos e como somos.
E a importância de ler é que você vai adquirindo conhecimentos, alargando seus horizontes, para compreender melhor tudo o que acontece ao seu redor. Seus amigos, parentes, pais, etc.
Além disso você estimula sua imaginação e pode sonhar livremente sobre aquilo que você leu ou está lendo. Não é maravilhoso ler?


Responda: Que tipo de livro você gosta de ler?
Quantos livros você já leu?



Uma tarefa interessante e engraçada:

Vamos fazer dois Livrinhos de Histórias?
1- Primeiro conte suas historinhas e as escreva com cuidado.
2- Depois recorte e monte seu primeiro livretinho.
3- Faça um segundo livro, porém, com papel de outra cor.
4- Brinque de Biblioteca trocando os livrinhos com os amiguinhos.


Tarefa dois:


Faça um cartaz indicando como é gostoso ler com a ilustração de uma bela biblioteca. Use cores bem alegres para coloris.

 

@Mensageir@

 

 

 

Criação, Formatação e Arte Final byPqnaAdoravel
Baseado no tutorial by Elaine®
Fontes: Ignatz e GrechenFuemenROB
Scrap: ConniePrince - Cute Girl
Tube: © PinupToons

 

 


 

Voltar