Esta Poesia é parte integrante
  da Série Artes D'Alma. NVP.
 
 

 

Artes d'Alma que contam...
                               O Caminhar do Homem...
 
Velhas Histórias...
                        Que se repetem...

Nídia Vargas Potsch    

  

Cada obra tem um Tempo
e sonoras rimas em óleo ou aquarela,
cujos matizes multicoloridos
pincelam e harmonizam vidas...
E se ainda não chegamos
ao final da jornada, por quê
nos precipitar com conjecturas loucas?  

Zonas de luz, por vezes,  
somente em claro/escuro.
Modelam ou realçam  
a profundidade de um contexto,  
de lendas estratégicas ou histórias múltiplas,
num cordel dinâmico de belas expressões...  

Cada obra a seu Tempo,
nos mostrarão através
da chegada da maturidade,
olhar acurado, tranqüilidade,
certeza dos desejos d'alma e
de muitos sonhos ainda por satisfazer!  

Em linguagem artístico-poética,
quer dizer, recheada de lembranças,
moldada por olhares, cheiros e sabores,
avivadas no imaginário dos contrastes  
entre Razão e Coração!  

Estas magníficas obras, inesquecíveis criações,   
nos impele a seguir a Mágica da Vida,
reflorindo e perfumando, poetando e musicando,
pintando e expressando, o canteiro da Existência
em toda sua diversidade, complexidade e colorido,
sem nunca nos esquecermos que decerto
foram inspiradas pelo Amor
advindo do âmago dos Seres de almas predestinadas,
e; com certeza, abençoado pelo Pai!      




@Mensageir@ Rio, 08/12/2010

Arte e Formatação: SUELYDAM - SDESIGNERS
Moça: NDE CAREY EVANS Pintura em tela a oleo
Música: Eternity - Ernesto Cortazar    

 


 

 
 

Voltar