Leonardo da Vinci
( 1452 - 1519 )
 
Provável auto retrato - 1512/1515
 
 
                                                      
 
 Outras versões pintadas de Leonardo
em colorido e preto e branco.
 
 
 
 
  "A natureza benigna providenciou de modo que em qualquer parte você encontra algo para aprender."
                                                        Leonardo da Vinci
 
Eu, Leonardo
 

"A arte diz o indizível; exprime o inexprimível, traduz o intraduzível."
                                                 Leonardo da Vinci
                                   
 
Nasceu em 15 de Abril de 1452 na Itália numa aldeia chamada Vinci, perto de Florença. Seu pai, o notário, Piero da Vinci, não se casou com a camponesa Caterina de quem teve um filho e consequentemente não lhe deu seu nome. Por isso Leonardo tornou-se conhecido por Leonardo da Vinci. Foi educado no ateliê de Verrocchio, pintor Florentino.
 
Provável casa de Leonardo da Vinci na infância.
 
 
Considerado um gênio, ele consegue se tornar um mestre na pintura apesar de ter feito muito poucos quadros.
 
Aos 16 anos é mandado para Florença, cidade que vivia um momento próspero para as artes incentivada pelo regente.
 
Tinha um temperamento difícil e inconstante e muitas vezes deixava obras inacabadas lançando-se em novos projetos. Como a pintura de São Gerônimo no deserto, como poderão apreciar abaixo.
 
No decorrer de sua vida, tornou-se arquiteto, mecânico, urbanista, engenheiro, fisiólogo, químico, escultor, botânico, geólogo, cartógrafo, físico, precursor da aviação, da hidráulica, inventor do escafandro, pára-quedas, isqueiro, poeta  e pintor. Além disso ainda encontrava tempo para supervisionar peças teatrais, promover festas e organizar sessões de música no Palácio.
 
Uma das figuras mais importantes do Alto Renascimento.  Leonardo frequentemente foi descrito como o arquétipo do homem do Renascimento, alguém cuja curiosidade insaciável era igualada apenas pela sua capacidade de invenção. É considerado um dos maiores pintores de todos os tempos e como possivelmente a pessoa dotada de talentos mais diversos a ter vivido. Segundo a historiadora de arte Helen Gardner, a profundidade e o alcance de seus interesses não tiveram precedentes e sua mente e personalidade parecem sobre-humanos para nós, e o homem em si [nos parece] misterioso e distante.
 
 
"As mais lindas palavras de amor são ditas no silêncio
de um olhar."  Leonardo da Vinci
 
 
Leonardo contrariando a igreja e as leis da época aprimora seus estudos de anatomia dissecando cadáveres. Todo este estudo, fora por ele anotado de uma forma muito peculiar que ninguém decifrava, algum tempo depois é que descobriu-se que Leonardo escrevia de traz pra frente, portanto, para que fosse lido tinha que se ler diante de um espelho. Tais estudos foram usados até bem pouco tempo para auxiliar estudantes de medicina nas Universidades de Londres.
 
 
Estudo de embriôes - 1510-1513
 
Homem Vitruviano
 
Estudo anatômico do crânio
 
 
 
 
Em 1503 começou a pintar a Monalisa, o quadro mais famoso do mundo. Sobre ele, dizem, que um rico comerciante da época Francisco del Giocondo encomendou a Leonardo um quadro de sua mulher, entretanto este demoroumuito ( 4 anos ) para entregar a obra e quando finalmente o quadro é apresentado, surgem as dúvidas: quem é a dama do quadro? Alguns afirmam que o sorriso é de um homem travestido.
 
Em 1503, também, pinta Santana, a Virgem e o Menino, seu quadro preferido, que só termina em 1510.
 
Em 1516 vai para a França onde passa a morar no Castelo do Rei FranciscoI; fica doente , com problemas de articulação na mãos esquerda e pára de pintar.  Em 1519  Morre nos braços do seu " Amigo"  Rei.
 
 
Clos Lucé, França - seus ultimos anos
 
 
Leonardo -  Galeria Uffizi - Itália
 
 
 
Morte de Leonardo pelo pintor Ingrés
 
 
 
 
Suas Principais Pinturas:
 
Monalisa - Museu do Louvre, Paris
Virgem dos Rochedos - Louvre, Paris
Anunciação - Museu dos Ofícios
Última Ceia - Milão, Itália
A Virgem, o Menino e Santana - Louvre, Paris.
 
 
* * * * *
 
Assim era Leonardo:
 
"Quando ouvimos os sinos, ouvimos aquilo que já trazemos em nós mesmos como modelo. Sou da opinião que não se deverá desprezar aquele que olhar atentamente para as manchas da parede, para os carvões sobre a grelha, para as nuvens, ou para a correnteza da água, descobrindo, assim, coisas maravilhosas. O gênio do pintor há-de se apossar de todas essas coisas para criar composições diversas: luta de homens e de animais, paisagens, monstros, demônios e outras coisas fantásticas. Tudo, enfim, servirá para engrandecer o artista."
 
 
 "Que o teu trabalho seja perfeito para que, mesmo depois da tua morte, ele permaneça."
                                              Leonardo da Vinci
 
 
 
 
Principais Obras:
 
Monalisa - Louvre , Paris/França
 
Entre as obras realizadas por Leonardo na década de 1500 está um pequeno retrato, conhecido como Mona Lisa ou La Gioconda, "a risonha". A pintura é famosa principalmente pelo sorriso elusivo no rosto da retratada, e pela qualidade misteriosa, possivelmente provocada pelo fato de que o artista sombreou sutilmente os cantos de sua boca e olhos, para que a natureza exata do sorriso não pudesse ser determinada. Este sombreado peculiar, pelo qual a obra é conhecida, veio a ser chamado de sfumato ("esfumaçado"). Vasari, que se acredita ter conhecido a pintura apenas pela sua reputação, disse que o seu "sorriso era tão agradável que parecia ser divino, em vez de humano; e aqueles que o viram ficaram espantados ao descobrir que ele parecia tão vivo quanto o original".
 
Outra característica observada nesta obra é o vestido sem adornos (uma maneira de evitar que o espectador não tenha a sua atenção desviada dos olhos e das mãos da retratada), o cenário de fundo, dramático, no qual o mundo parece estar no estado de fluxo contínuo, com uma coloração controlada, e a natureza extremamente suave da técnica de pintura, que emprega tintas a óleo aplicadas como se fossem têmpera, e misturadas de tal maneira na superfície que as pinceladas não podem ser percebidas. Vasari expressou a opinião de que a maneira com que Leonardo fez a pintura faria mesmo "o mais confiante dos mestres (?) desesperar-se e desanimar." O estado perfeito de conservação em que a pintura se encontra, e o fato de que não existem outros sinais de reparos relevantes ou pinturas sobrepostas é extremamente raro numa pintura desta idade.
 
                   
  A Virgem dos Rochedos
  Primeira versão: 1483-1483
 
 
A Virgem dos Rochedos (Versão Cheramy) (1494-1497), é uma pintura que, juntamente a uma representação de Maria Madalena, é atribuída a Giampietrino, pupilo de Da Vinci, da qual, acredita-se atualmente, que Leonardo possivelmente tenha participado, embora essa afirmação não seja unânime. Realizada após a versão do Louvre e anterior a versão de Londres. Foi exibida na mostra Leonardo, Genio e Visione in terra Marchigiana no Museu Mole Vanvitelliana, em Ancona por Carlo Pedretti e Giovanni Morello (2005-2006).
 
Acredita-se que a versão do Louvre seja a primeira das versões, pintada entre 1483-1486, ou mais cedo. A segunda versão, pertecente a National Gallery desde 1880, foi vendida pela igreja em 1781, e,certamente, em 1785 tornou-se posse de Gavin Hamilton, que a levou para a Inglaterra, onde passou por várias coleções. Nesta versão é provável a participação de outros artistas como Ambrogio de Pedris, e, de certo modo, mesmo tratando-se de uma pintura mais madura, seu naturalismo perde lugar para um idealismo muito maior do que o da versão anterior.
 
Atualmente, existe a especulação de uma outra versão (Versão Cheramy), em que Leonardo tenha participado, cronologicamente anterior a versão de Londres.

 
 
 
Anunciação
 
Uma série de estudos meticulosos o levou a concretizar trabalhos como A Anunciação ou a futura Virgem do Cravo. O estudo de roupagens das personagens das obras são um dos marcos do seu percurso artístico, concebidos com uma primazia notável. Baseando-se em esculturas ou modelos de madeira ou terracota, cobertos por panejamentos e jóias - algo em voga, para a época.
 
 
A Última Ceia
 
Leonardo pintou A Última Ceia, um incrível trabalho, o mais sereno e distante do mundo temporal, durante anos caracterizado por conflitos armados, intrigas, preocupações e emergências. Ele a declarou como concluída, embora eternamente insatisfeito, e continuou trabalhando nela. Foi exposta a vista de todos e contemplada por muitos. Desde então ele foi considerado sem discussão como um dos primeiros mestres da Itália, senão o primeiro. Os artistas vinham de muito longe, para, no refeitório do convento de Santa Maria delle Grazie, analisar cuidadosamente a pintura, copiando-a e discutindo-a. O rei da França, ao chegar em Milão, acariciou a ideia impossível de remover o afresco da parede para levar para o seu país. Durante a sua realização inúmeras lendas foram tecidas em torno do mestre e seu trabalho.
 
 
 
 
A Virgem, o Menino e Santana.
 
 
Nessa nova pintura, a coroação dos muitos desenhos e esboços do tema, abordado pelo artista em diversas ocasiões como em A Virgem, o Menino, Sant'Ana e São João Batista, Leonardo emprega novamente o sutil efeito do sfumato. A pintura retrata a Virgem Maria (cujo manto parece evocar a igualmente oblíqua Virgem Benois, uma de suas primeiras Madonas), seu filho Jesus e sua mãe Santa Ana, avó de Jesus, em uma cena privada e intimista. O que faz esta pintura incomum é que há duas figuras posicionadas obliquamente, sobrepostas. Maria está sentada no joelho de sua mãe, Santa Ana. Ela se inclina para frente para segurar o menino Jesus que brinca (um tanto grosseiramente) com um cordeiro, sinal de seu próprio e vindouro sacrifício. Essa pintura copiada muitas vezes, foi influência para Michelangelo, Rafael e Andrea del Sarto, e através deles Pontormo e Correggio. Na composição, Leonardo mostra novidades que serão adotadas principalmente pelos pintores venezianos Tintoretto e Veronese.
 
 
 
 
 
Outras Obras:
 
 
Leda e o Cisne - Seu único nú - 1505-1510
 
 
 
Batismo de Cristo  c/
Andrea -del -Verrocchio
 
 
 
Estudo p/ retrato de
Isabella D'este - Louvre
 
 
 
São Gerônimo no Deserto
Pintura inacabada - Vaticano
 
 
 
 
 
Salvador do Mundo
 
 
 
 
Seus Estudos:
 
 
 
Estudo de um cavalo
Royal Library - Castelo de Windsor
 
 
 
Estudo de ossos
 
 
                                       
 
Máquinas voadoras
 
 
 
 
Rodas e eixos
 
 
 
 Estudo do Lírio
 
 
 
Proposta para Níveis diferentes de tráfego.
 
 
Conclusão:
 
Muitas de suas obras se perderam, foram destruídas ou ficaram inacabadas. Conhecem-se apenas cerca de 12 telas de Leonardo de autenticidade indiscutível. Ao longo de sua obra, é visível a importância cada vez maior que o artista concede aos contrastes entre luz e sombra, e, principalmente, ao movimento. Com o sfumato, que dilui as figuras humanas na atmosfera, Leonardo realizou síntese admirável entre modelo e paisagem.
 
A "Última ceia", um dos quadros mais famosos do mundo, foi muito danificada e sofreu diversas restaurações, motivo pelo qual pouco resta do original. É inigualável, no entanto, a solidão de Cristo, em contraste com a agitação dos apóstolos, dividos em grupos de três. Judas, o traidor, é a única figura em isolamento entre eles. Os vários estudos e desenhos de Leonardo revelam a preocupação do autor com os menores detalhes da cena.
 
Pouco antes de morrer, no castelo de Cloux, perto de Amboise, na França, em 2 de maio de 1519, nomeou seu discípulo predileto, Francisco Melzi, herdeiro de todos os valiosos estudos, desenhos e anotações que deixava. Melzi preservou cuidadosamente a herança, mas com sua morte, cerca de cinqüenta anos após a morte do mestre, os manuscritos se dispersaram. Conservaram-se cerca de 600 desenhos, que representam talvez a terça parte da vasta produção de Leonardo da Vinci.
 
Frases e Pensamentos de Da Vinci:
 
"Um bom pintor tem dois principais objetos para pintar: o homem e a intenção de sua alma; o primeiro é fácil, o segundo é mais difícil, pois ele tem que representá-lo pelas atitudes e movimento dos membros."
 
"A lei suprema da arte é a representação do belo."
 
"Tudo o que é belo morre no homem, mas não na arte."
 
"Todo o nosso conhecimento se inicia com sentimentos."
 
"A pintura deve parecer uma coisa natural vista num grande espelho."
 
"Não há coisa que mais nos engane do que o nosso juízo."
 
"Lastimável o discípulo, que não ultrapassa o mestre."
 
"Nunca imites ninguém. Que a tua produção seja como um novo fenômeno da natureza."
 
"O conhecimento torna a alma jovem e diminui a amargura da velhice. Colhe, pois, a sabedoria. Armazena suavidade para o amanhã."
 
"Quem pensa pouco, erra muito."
 
"A vida bem preenchida torna-se longa."
 
"O objetivo mais alto do artista consiste em exprimir na fisionomia e nos movimentos do corpo as paixões da alma."
 
"A mais nobre paixão humana é aquela que ama a imagem da beleza em vez da realidade material. O maior prazer está na contemplação."
 
"Que o teu orgulho e objetivo consistam em pôr no teu trabalho algo que se assemelhe a um milagre."
 
"Aprender é a única de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende."
 
"Um bom artista copia, um grande artista rouba."
 
"Em primeiro lugar vem a dedicação, depois a habilidade."
 
 
 
* * *
 
 
Vídeos:
( Para complementarem o texto )
 
 
 
 
http://youtu.be/a2qeZrejZp0  automovile  - 1495
 
 
http://youtu.be/56FiC-TDBSk   homo universalis
 
http://youtu.be/JFTSAjZEqPw   monalisa - uso da geometria
 
http://youtu.be/eKLrQEyVoGo   20 pinturas mais famosas de Leonardo
 
 
http://youtu.be/sv_sP5VM8Vg  Leonardo  na National Gallery - Londres  9min.
 
http://youtu.be/Jl9uKKvON58  Nat. Gallery - Londres  3min
 
 
 
 
Qualquer pergunta ou dúvida, por e-mail, ok?
Obrigada, NVP.
 
 
 
* * *
 
 
 
Créditos:


Texto e compilações: Nídia Vargas Potsch
Arte, Formatação : Auber Fioravante Jr.

 

Bibliografia: 


1) Apostilas do Colégio Pedro II

(Organizada pelas Profas. de Artes Visuais do Colégio, onde me incluo) 
2) História Mundial da Arte - O Renascimento - Bertrand Editora. Vol 3

3) Arte Comentada - Carol Strickland, Ph. D

4) Para entender a Arte - Robert Cumming - Ed. Ática.

5) Twenty names in Art -Alan Blackwood - Wayland Ltda.

6) Famous Artists:  Leonardo da Vinci - Life and Work - Antony Mason


Fontes: 

Consultas e Fontes: Wikipédia. 
Imagens e textos auxiliares do Google.
Videos - Youtube

Música : Renascentista.

 
 
 
 
 
Créditos
 
Misted Imagem: red ambush small
Tube Mistesde e Arte
Auber Fioravante Júnior
Musica Wav Renascentista