Giovanni Bellini
 
 
 
Giambellino
(apelido na terra natal)
 1430-1516 
 
 
 
 
 
 Bellini foi um pintor italiano renascentista. É considerado como renovador da pintura da escola veneziana, levando-a para um estilo mais sensual e policromático, impulsionou-a, devido ao  uso de cores claras e de lenta secagem, Bellini  criou sombras com ricas tonalidades e matizes detalhados, com profundidade e ricos coloridos. Suas paisagens inovadoras tiveram um grande impacto de efeito admirável no seu tempo. Criou uma linguagem pictórica baseada na fusão da figura humana com a paisagem destacando suas luzes e cores. Foi um belo exemplo e estímulo, especialmente  para os alunos, Giorgione e Ticiano.
 
 
Madona e o Menino abençoado
 
 
 
Giovanni Bellini nasceu em Veneza. Ele foi criado na casa de seu pai, e sempre viveu e trabalhou na mais estreita relação fraterna com o seu irmão Gentile. Até a idade de quase trinta anos, encontramos em sua obra uma profundidade de sentimento religioso e humano muito grande, que era dele. Suas pinturas do início do período são todas executadas na antiga técnica da têmpera, mas a cena é suavizada por um efeito novo e belo, por exemplo, do nascer e pôr do sol.
 
Nossa Senhora da Campina ou do Prado
 
 
 

Em 1470 Giovanni recebeu a sua primeira nomeação para trabalhar junto com seu irmão e outros artistas na "Scuola San Marco", onde entre outros assuntos, ele foi contratado para pintar um dilúvio com a Arca de Noé. Nenhuma das obras do mestre deste tipo, seja pintado para as diversas escolas ou confrarias ou para o palácio ducal,  sobreviveu.

Para a década seguinte 1470 pode-se atribuir a ele  a Transfiguração,  agora no museu de Nápoles.  O grande retábulo da Coroação da Virgem em Pesaro, onde aparece obter seus primeiros esforços  numa forma de arte anteriormente quase monopolizados em Veneza pela escola rival daVivarini.

Transfiguração de Cristo

 

 Muitas das grandes obras públicas de Giovanni estão perdidas. O retábulo pintado à têmpera, na capela da igreja de S. Giovanni e Paolo, e o Mártir de Ticiano e a Crucificação de Peter Tintiretto, perderam-se num incêndio em 1867.

Tanto no sentido artístico como  no  mundano, a carreira de Bellini foi, no geral, muito próspera. Tanto no sentido artístico como  no  mundano, a carreira de Bellini foi, no geral, muito próspera. Sua longa carreira teve início  e amadureceu  progressivamente. ele viu a sua influência propagada por uma série de alunos, dois dos quais, pelo menos, Giorgione e Ticiano, igualou ou mesmo superou seu mestre. 

Na perspectiva histórica, Bellini foi essencial para o desenvolvimento do Renascimento italiano para sua incorporação da estética do Norte da Europa.  Bellini fez prevalecer tanto o  uso da pintura a óleo, diferente da pintura do têmpera sendo usado no momento pela maioria dos pintores do Renascimento italiano, e o uso do simbolismo disfarçado integrante do Norte Renascimento.

 Como demonstrado em obras como St. Francisco em Êxtase (c. 1480, à esquerda) e o San Altarpiece Giobbe (c. 1478), Bellini faz uso de simbolismo religioso através de elementos naturais, tais como videiras e rochas.

 

                                                

São Francisco em êxtase

 

San Altarpiece Giobbe (c. 1478),

 

Sua contribuição mais importante para a arte está em sua experimentação com o uso da cor e a atmosfera existente na sua  pintura a óleo.

 

 

 

Algumas de suas Obras
 
Madona, Menino e Santos
 
 
 
As Madonas
 
                     
 
                        
 
 
                      
 
 
 
Anunciação
 
 
 
 
Detalhe do anjo da anunciação
 
 
                                     
                               San Zacarias                                                        Crucificação
 
 
Pietá
 
 
Pietá - 1471
 
Apresentação de Jesus no Templo
 
São Lázaro
 
 
Ressurreição de Cristo
 
 
 
embriaguez de Noé
 
 
jovem nua em frente ao espelho
(primeiro nu de Bellini)
 
 
 
 
Festa dos deuses
( última pintura de Bellini  por volta dos 80 anos )
 
 
Retratos
 
 
 
 
 
Doge Leonardo Loredan 
 
 
                                     
                      retrato de um jovem                                                      rainha Catherine
 
 
 
 
retrato de uma jovem
 
 
 
 
 
 
* * *
 
 
 
 Vídeos
( para complementar o texto acima )
 
 
 
Qualquer pergunta ou dúvida, por e-mail, ok?
Obrigada, NVP.
 
 
 
 
 
Créditos:
Texto e compilações: Nídia Vargas Potsch
Arte, Formatação : Auber Fioravante Jr.
 
Bibliografia: 
1
) Apostilas do Colégio Pedro II - (Organizada pelas Profas. de Artes Visuais do Colégio, onde me incluo) 
2) História Mundial da Arte - O Renascimento - Bertrand Editora. Vol 3
3) Arte Comentada - Carol Strickland, Ph. D
4) Para entender a Arte - Robert Cumming - Ed. Ática.

Fontes: 
www.planetaeducacao.com.br
Consultas e Fontes: Wkipédia. 
Imagens e textos auxiliares do Google.
Videos - Youtube
 
 
 
 
 
Créditos
 
Imagem: Tais Luso
 Arte
Auber Fioravante Júnior
Musica Renascentista