MASACCIO
 
 
Auto retrato
 
 
 
Masaccio nasceu em San Giovanni Valdarno, em Arezzo, na Toscana. A família se mudou para Florença e Masaccio entrou para a escola de artesanato na cidade. Sua primeira obra foi o Tríptico de San Giovenale e A Virgem e o Menino com Santa Ana, que na Galeria Uffizi. Não se sabe como ou onde Masaccio recebeu suas primeiras lições de pintura.
 
Em Florença, Masaccio estudou a arte de Giotto e conheceu Alberti, Brunelleschi e Donatello. De acordo com Giorgio Vasari, a partir de 1423 Masaccio se libertou de todas as tradições góticas e bizantinas, como pode ser visto no altar da Igreja Carmelita, em Pisa, cujo painel central está agora na Galeria Nacional de Londres.

Este painel é uma das primeiras obras primas de Masaccio: A Virgem e o Menino com Anjos. A Madonna tem traços escultóricos e seu trono tem perspectiva. O menino é desprovido de qualquer aparência régia bizantina, é apenas um menino, chupando o dedo. É a antítese do estilo Gótico Internacional.

Masaccio foi pioneiro no uso da perspectiva. As cenas de Masaccio mostram as suas referências a Giotto. A Expulsão do Jardim do Éden, mostrando uma cena terrível de Adão e Eva nus, foi crucial para a obra de Michelangelo. Outra grande obra é Dinheiro dos Tributos, na qual Jesus e os Apóstolos são mostrados como arquétipos neo-clássicos.

Com a ajuda de Brunelleschi, em 1427 Masaccio ganhou uma encomenda para produzir uma Trindade Sagrada para a Igreja de Santa Maria Novella, em Florença. O afresco, considerado por muitos como sua obra-prima, marca o uso sistemático da perspectiva linear, possivelmente desenvolvida com a ajuda de Brunelleschi.

Masaccio influenciou profundamente a arte da Renascença. Ele transformou a direção da pintura italiana, desviando-se das idealizações da arte gótica e voltando a arte para um mundo mais profundo, natural e humanista.

É preciso muita prudência na identificação da obra de Masaccio, pois ela pode ter interferências outras. Por exemplo, logo de início, ele retomou trabalhos deixados inacabados por antecessores; ao continuar, contou com a participação de outros ajudantes.

Entre 1424 e 1428, ele executou sua obra mais elogiada: os afrescos da capela Brancacci da igreja de Santa Maria del Carmine, em Florença.

Viajou para Roma, onde morreu em circunstâncias misteriosa.

 

PRINCIPAIS OBRAS DE MASACCIO:

 
  • Tríptico de San Giovenale: Está hoje na Igreja de Cascia di Reggello, em Pieve de San Pietro, perto de Florença.
 
 
  • Madonna e Menino com Santa Ana: É uma obra com colaboração de Masolino. É também uma das primeiras obras a mostrar o efeito da luz natural sobre as figuras. A sucessão de planos em perspectiva mostra uma estrutura quase piramidal.
 
  • A Virgem com o Menino e Anjos: Encontra-se hoje na Galeria Nacional de Londres. Foi criado para o altar da Igreja Carmelita em Pisa. Mostra o desejo de Masaccio de pintar com realismo.
 
 
  • Expulsão do Paraíso: Feita para a Capela Brancacci. Três séculos após sua criação, o Grande Duque da Toscana exigiu que fossem colocadas folhas para esconder a nudez das figuras. Nos anos de 1980, as folhas foram removidas e o quadro restaurado. O quadro foi inspirador para Michelangelo. Masaccio inspirou-se em figuras gregas e romanas, além de esculturas de Donatello para a elaboração do afresco.
 
 
 
  • O Pagamento do Tributo: Para a Capela Brancacci. Representa a história de São Pedro e o coletor de impostos. A importância da obra está na caracterização de Jesus como uma figura humana, com a mesma altura dos Apóstolos, uma rejeição à perspectiva hierárquica, que marcou a arte bizantina. Masaccio enfatiza os diferentes espaços com a clássica teoria da cor.
 
 
 
Detalhe de Jesus
 
 
 
  • Santa Trindade:
 
 
  • A Natividade: pintada em um prato (tondo). Foi o primeiro da tradição renascentista. Novamente se percebe a influência de Bruneleschi no retrato dos arcos do prédio.
 
 
 
  • São Gerônimo e São João Batista: Feito para um políptico da Igreja de Santa Maria Maior, em Roma. Foi o último trabalho de Masaccio antes de morrer. Mais uma vez Masaccio e Masolino trabalharam juntos, mas Masolino teve de finalizar a obra. É a única obra que revela a presença de Masaccio em Roma.
 
 
  • São Pedro curando Doentes com sua Sombra:Afresco da Capela Brancacci sobre a vida de São Pedro. Se acredita que as figuras na obras são representações de Masolino ou Donatello. A rua de Florença é elaborada em perspectiva e o desenho das casas revela novamente a influência da arquitetura.
 
 
 
  • A Ressurreição do Filho de Teófilo: Outro afresco da Capella Brancacci sobre a vida de São Pedro. Masaccio representa o episódio em um ambiente da época, com figuras como Masolino, Leon Battist Alberti, Brunelleschi e ele mesmo, em um auto-retrato (são os quatro homens bem à direita)..
 

 

 

OUTRAS OBRAS DE MASACCIO:

 

 

Crucificação São Paulo

Cristo Crucificado Virgem e Santos

 
 
 
 
 
Afrescos na capela Brancacci
 
 
 
 
 
 
 
 
 
* * *
 
Qualquer pergunta ou dúvida, por e-mail, ok?
Obrigada, NVP.
 
 
 
Créditos:
Texto e compilações: Nídia Vargas Potsch
Arte, Formatação : Auber Fioravante Jr.
 
Bibliografia:
1
) Apostilas do Colégio Pedro II - (Organizada pelas Profas. de Artes Visuais do Colégio, onde me incluo)
2) História Mundial da Arte - O Renascimento - Bertrand Editora. Vol 3
3) Arte Comentada - Carol Strickland, Ph. D
40 Para entender a Arte - Robert Cumming - Ed. Ática.

Fontes:
www.planetaeducacao.com.br
Consultas e Fontes: Wkipédia.
Imagens e textos auxiliares do Google.
Videos - Youtube
 
 
 
 
Créditos
 
Imagem: Tais Luso
Arte
Auber Fioravante Júnior
Musica Wav