Jan van Eyck
( 1395 a 1441 )
 
Possível auto retrato -  Homem de turbante
 
 
Auto retrato
 
Pintor Flamengo, muito ativo em Bruges considerado um dos mais importantes pintores do Norte Europeu do Séc XV. Os poucos registros que restam indicam que Jan van Eyck nasceu por volta de 1390 provavelmente na Holanda. Não se sabe muito sobre sua infância, mas as atividades iniciais de pintura após a sua nomeação para a corte de Filipi, o Bom - 1425 são relativamente bem documentadas.
 
Foi fundador do estilo do gótico tardio influenciando assim o Renascimento e, por isso, é visto como o mais célebre dos primitivos flamengos. Devido a toda a sua capacidade inovadora é considerado um dos grandes mestres da pintura mas são poucas as informações seguras sobre a sua vida, como dissemos acima.
Começou a desenhar e a pintar quando trabalhava na oficina do seu irmão Hubert Van Eyck ? Embora documentos testem a existência de Hubert Van Eyck, a sua intervenção numa das obras de Jan e a sua relação familiar com o mesmo permanecem polêmicas.
 
 
Hubert e Jan

Por volta de 1421 Jan tornou-se mestre deixando a oficina do seu irmão. Em 1422 foi nomeado pintor oficial de João de Baviera, conde de Holanda e 3 Anos mais tarde muda-se para Lille (uma cidade no norte de França) e fica ao serviço do duque de Borgonha, Felipe o Bom, para quem realizou várias missões diplomáticas secretas(cargo que manteve até à sua morte) em Espanha e em Portugal. A sua visita influencia bastante os primitivos flamengos destes países. Em Portugal esta radical mudança é visível nos painéis de S.Vicente de Fora (museu da arte antiga) visto no e-mail do Renascimento - Parte III.

Nas suas obras existem pormenores na textura e na procura de novos sistemas de representação da tridimensionalidade, a perspectiva. Mas apesar disso, ele não recorria muito à perspectiva, deixando de lado os cálculos matemáticos dos mestres italianos sendo que as suas obras podiam ser por vezes imperfeitas, mas nem por isso irreais. Pintava sobre madeira, polindo-a, o que fazia com que houvesse naturalmente uma sensação de profundidade e brilho.
 
Inicialmente pensava-se que Jan teria inventado a pintura a óleo mas atualmente estudos provam que ele apenas a aperfeiçoou (já existia em Flandres), criando a tinta a óleo com secagem rápida, ainda hoje utilizada.
 
Através desta inovação é fácil de perceber a sua capacidade de  representar com facilidade uma variedade de temas com grande realismo onde conseguia retratar detalhes microscópicos. É através da utilização de óleo sobre madeira (a sua técnica) que consegue encontrar as texturas exatas para a pele utilizando várias tonalidades de tinta sobrepondo-as. Todas as suas figuras humanas são retratadas como se de um monumento se tratassem (ex: do retrato dos Arnolfini)
 
 
Casal  Arnolfini
 
 
 
detalhe das pinturas vistas no espelho
 
 
 
 
Detalhe das sandálias
 
 
 
Detalhe do lustre - com parte da assinatura 
 dele ao fundo
 
 
 
 
Van Eyck é principalmente conhecido devido à realização de duas obras: o políptico ?A Adoração do Cordeiro Místico? e ao ?Casamento de Arnolfini?.
 
 
 
A adoração do Cordeiro Místico
 
 
 
 
O Cordeiro
 
 
 
detalhe -  lado direito
 
 
 
 
detalhe - lado esquerdo
 
 
 
 
 
parte superior - detalhe - lado esquerdo
 
 
 
 
parte superior - detalhe - lado  direito
 
 
 
 

A Crucificação e o Juízo Final

Jan pintou-a entre 1420 a 1425 utilizando óleo sobre madeira. Cada um dos painéis tem 565 x 195 cm e encontra-se exposto no Museu Metropolitano da Arte, em Nova York. Os dois painéis representam a crucificação de Cristo e o juízo final, respectivamente. Imagina-se que eram dois painéis como abas laterais de um tríptico, e que o painel central foi perdido.
 
                                  
 
 
                                                          
                                            Crucificação                                   Julgamento Final
 
 
 

 
 
 
 
Outras Obras
 
 
Tríptico pequeno Com Madona ao centro
 
 
 
São Gerônimo
 
 
Madona amamentando
 
 
 
 
Madona
 
 
 
Virgem e Chanceler Rolin
 
 
 
 
Vídeos:
 
( Para complementar o texto  acima )
 
 
Retábulo e Igreja e órgão tocando - Bélgica  - Jan Van EYCK
 
 
 
* * *
 
 
 
 
Qualquer pergunta ou dúvida, por e-mail, ok?
Obrigada, NVP.
 
 
 
 
 
Créditos:
Texto e compilações: Nídia Vargas Potsch
Arte, Formatação : Auber Fioravante Jr.
 
Bibliografia: 
1
) Apostilas do Colégio Pedro II - (Organizada pelas Profas. de Artes Visuais do Colégio, onde me incluo) 
2) História Mundial da Arte - O Renascimento - Bertrand Editora. Vol 3
3) Arte Comentada - Carol Strickland, Ph. D
4) Para entender a Arte - Robert Cumming - Ed. Ática.

Fontes: 
Consultas e Fontes: Wkipédia. 
Imagens e textos auxiliares do Google.
Videos - Youtube
 
 
 
 
 
Créditos
 
Misted Imagem: Banco de Dados Google
Texto & Arte
Auber Fioravante Júnior
Musica Wav Renascentista

 

VOLTAR