Pinceladas sobre Arte

(9ª parte)


"Ah! Se as cores nos tivessem sido ensinadas em nossa juventude"!
Van Gogh
 


Matizes da Natureza
Nídia Vargas Potsch


Aromática brisa morna
que balança ternamente
a copa das árvores,
esparge seu perfume adocicado
no trinado do invisível,
que poucos observam, ao qual,
sentimo-nos atrelados sem perceber...
Modelada entre folhas e flores,
entre caules retorcidos,
raízes maltratadas
e pequenos frutos maduros,
desabrocha plangente à deriva,
explode seus fluidos multicores
serpenteando estranhos estertores,
exibindo nas entrelinhas
vestígios que sobraram,
do dilema heróico
de seres que se amaram.

@Mensageir@
Rio, 25/06/2006
 

 

A COR (Parte - B)


Como muitos sabem, a luz é o agente físico que nos permite ver a cor.
Para compreendermos o fenômeno da percepção da cor é necessário conhecer, além de sua origem luminosa (Cor Luz) também a sua origem química (Cor Pigmento).


Cor Luz:

Podemos ver a Cor Luz quando nos aparece, por exemplo, no arco-íris que nada mais é do que a decomposição da luz solar, que é considerada branca. As cores que percebemos em películas e em nossos monitores do PC. são as cores de luz. Podemos citar as Principais: Magenta, Ciano e Amarelo.


Cor Pigmento:

A Cor Pigmento é percebida na presença da luz. Sempre na presença da Luz! Sem Luz não conseguimos ver as cores. São percebidas pelo processo de reflexão dos raios luminosos em contato com superfícies que contém substâncias coloridas denominadas pigmentos, que vem a ser uma substância de origem natural ou química que atua como elemento corante. Podemos citar as Principais: Vermelho, Azul e Amarelo.

 

 Uma noção simples de como misturamos as Cores:

Antes de misturá-las é preciso saber o quê vamos misturar, porquê vamos misturar e como vamos misturar:

Existem três cores chamadas Primárias, a saber:
Vermelho, Azul e Amarelo  

                                                                     

A partir delas é que se formam todas as outras cores. Como? Muito Simples! Misturando-as entre si em proporções iguais. Acontece que para o ensino didático simples, usamos as cores Primárias Pigmentos. É muito difícil numa Escola Pública termos material suficiente para lidarmos com películas para ensinar as Cores de Luz aos alunos. Portanto vou me ater as Cores Pigmentos, correto?

A seguir podemos obter Cores Secundárias misturando as Primárias duas a duas.

Observação: Se você tiver em casa pequenos pedaços de papel celofane ou lápis de cor ou giz de cera ou guache, poderá obter as cores secundárias facilmente. Experimente!

Eis que surgem as Secundárias: Laranja, Roxo ou Violeta e Verde.
 




 E assim sucessivamente... as Cores vão surgindo...


Para obtermos uma cor chamada Cor Terciária, misturamos uma Cor Primária com uma cor Secundária. Assim, obteremos:
 

Cor Primária Cor Secundária Cor Terciária
Vermelho        +

Laranja                  =

Abóbora

Vermelho        + Roxo ou Violeta  = Vinho ou Púrpura
Amarelo          + Verde                      = Amarelo Limão
Amarelo          + Laranja                  = Ouro ou Açafrão
Azul                  + Roxo ou Violeta  = Anil ou Hortência
Azul                  + Verde                      = Azul Turquesa


A partir das novas cores pode-se continuar a misturar, indefinidamente mas hoje em dia, há tanto material disponível, que não precisamos mais fazê-lo. Didaticamente falando. Paramos nas misturas que preparam as Cores Terciárias.

Aí vem a indagação. E o Preto e o Branco? Onde entram nisso tudo? Como ficam?
São cores consideradas Cores Neutras porque combinam com todas as demais cores. A mistura do branco com o preto se caracteriza pelas diversas tonalidades de Cinza.
 

 

As Cores Neutras são muito importantes porque:

*Destacam as cores por contraste.
* Suavizam as Cores fortes se adicionadas a elas.
* Preparam diferentes tons ou tonalidades.



Na Pintura, em Desenhos ou na Formatação, comumente, as Cores Neutras são usadas nas grandes áreas do fundo e para criar sombras.


O Branco: Síntese da radiação solar.
Contém todas as cores do espectro solar.
Ou seja, do Arco-íris: Vermelho, Laranja, Amarelo, Verde, Azul, Anil, Violeta e demais raios ultra violetas e infra-vermelhos, etc. que não vemos a olho nu.
O Preto: Ausência de Luz.
Os Cinzas: Resultado da mistura do Branco com o Preto.

Continuaremos e finalizaremos sobre o assunto Cores, nas próximas Pinceladas.

Repensem:

Arte é Arte e é nosso dever divulgá-la sempre! Não devemos dar valor só à Literatura, como Poemas, Contos, Crônicas etc... Mas às Formatações, que também são trabalhos artísticos... e de alto nível!

Como profª. (aposentada) de Artes Visuais, não posso me eximir de citar as principais características deste estudo. Vocês, aprenderam anteriormente, nas primeiras pinceladas. Mas é bom refrescar nossas cabecinhas!

Desenvolver a capacidade mental de raciocínio. Desenvolver a sensibilidade, sentimentos e emoções, que hoje em dia andam relegados a um segundo plano. Portanto, mãos à obra, pintem bastante com seus netinhos... Risquem e rabisquem! Colorir a Vida faz um enorme bem.


 


  

 

Tubes: Claudia Viza/Guismo/TReagen
Wav: Charlie Chaplin - Les Temps modernes
 

 

 

 

Voltar

 

 

Melhor Visualização: 1024 X 768

Webdesigner: JoiceGuimarães